• Análise Técnica

    CryptoInforme

    CryptoInforme 07/10


    Por Jean Pierre Teixeira Costa • 8 de outubro de 2021
    tempo de leitura do artigo: 13 minutos

    Vamos ao CryptoInforme do dia 07/10!

    CENÁRIO GLOBAL

    S&P 500 salta à medida que negócio de limite de dívida abre caminho para novas apostas em ações

    O S&P 500 fechou em alta na quinta-feira, quando os legisladores chegaram a um acordo sobre uma medida paliativa para aumentar o teto da dívida e evitar temporariamente um calote dos EUA, levando os investidores a acumular ações.  

    Desse modo, o S&P 500 subiu +0,83%, o Dow Jones subiu +1%, o Nasdaq subiu +1,1%.

    Por outro lado, o líder da maioria no Senado dos EUA, Chuck Schumer, disse que os legisladores chegaram a um acordo para aumentar o teto da dívida do Departamento do Tesouro em 480 bilhões de dólares para permitir que o governo cumpra suas obrigações até dezembro.

    Nesse sentido, o Senado votará sobre o acordo às 20h (horário do leste dos EUA) nesta quinta-feira.

    Em entrevista para as mídias, disse o gerente de portfólio da Aptus Capital Advisors, David Wagner:

    “O acordo tira o risco de curto prazo da mesa e permite que os democratas voltem seu foco para encontrar um meio-termo no pacote de reconciliação de vários trilhões”. 

    As ações cíclicas

    As ações cíclicas, que tendem a se mover em conjunto com a economia, lideraram o movimento geral de alta.

    Assim, o consumidor discricionário foi o setor de melhor desempenho, sustentado por 5% acentuado na Penn National Gaming (NASDAQ: PENN ) depois que o cassino e a empresa de apostas esportivas receberam a aprovação para adquirir a empresa de mídia esportiva theScore.

    Por outro lado, uma alta nos automóveis, incluindo General Motors (NYSE: GM ) e Ford (NYSE: F ), encerrou a lista das ações de consumo discricionário de melhor desempenho em meio ao otimismo contínuo sobre os planos de veículos elétricos de ambas as montadoras.

    Em contrapartida, os estoques de energia subiram à medida que os preços do petróleo cortaram as perdas após afastar os temores sobre um possível aumento na oferta depois que os EUA disseram que considerariam explorar as reservas emergenciais de petróleo para aliviar a pressão sobre os preços do gás.

    Ações em Tecnologia

    A tecnologia Megacap, que provocou uma recuperação mais ampla do mercado um dia antes, continuou apresentando tendência de alta.

    Além disso, a Apple (NASDAQ: AAPL), Microsoft (NASDAQ: MSFT ), Amazon.com (NASDAQ: AMZN) e Alphabet (NASDAQ: GOOGL) ficaram com o verde.

    Nessa linha, o Twitter (NYSE: TWTR ), saltou 4% depois de detalhar os planos de vender sua rede de publicidade móvel MoPub para o desenvolvedor de jogos móveis AppLovin por 1,05 bilhão de dólares.

    Em contrapartida, em termos de lucros, a Levi Strauss & Co (NYSE: LEVI ) teve o desempenho de destaque, subindo 8,5% após seus resultados trimestrais que superaram as expectativas de Wall Street tanto na linha de cima como de baixo.

    Com apenas um dia para a folha de pagamento não agrícola de setembro, dados semanais de pedidos de seguro-desemprego melhores do que o esperado alimentaram o otimismo dos investidores quanto à recuperação do mercado de trabalho.

    Seguro-Desemprego

    O departamento de trabalho informou que 326.000 pessoas entraram com pedido de seguro-desemprego, 38.000 abaixo dos 364.000 revisados ​​para cima da semana anterior, e reduziu as previsões para 348.000 arquivadores.

    Dessa forma, a queda nas reivindicações aponta para uma recuperação no mercado de trabalho apoiada por expectativas de melhores dados mensais de empregos, que serão divulgados na sexta-feira, o que pode dar luz verde ao Federal Reserve para começar a reduzir suas compras de títulos no mês que vem.

    Além disso, espera-se que a economia dos EUA tenha criado 500.000 empregos no mês passado, o que seria uma melhora acentuada em relação aos 235.000 vistos em agosto.

    Por fim, acrescentou Wagner:

    “O FED vai diminuir a partir deste ano, o ritmo provavelmente será de 15 bilhões de dólares por mês, mas isso ainda não foi oficializado como política. 

    O maior risco para os mercados que estão entrando no relatório de empregos de sexta-feira é que isso faça com que o FED fique mais agressivo em sua redução do QE, de modo que termine no início de 2022.”

    Giro pelas bolsas europeias

    Ações europeias avançam com arrefecimento de preços de energia e ganhos no setor de construção

    As ações europeias registraram nesta quinta-feira seu melhor desempenho desde julho, com o arrefecimento dos preços do petróleo e do gás oferecendo alívio aos investidores preocupados com a inflação, enquanto atualizações positivas de balanços contribuíram para o sentimento otimista.

    Nessa linha, o índice pan-europeu STOXX 600 subiu +1,6%, revertendo as perdas semanais, com alta em todos os setores. O setor de energia registrou o menor ganho ao subir +0,2%.

    Desse modo, a volatilidade do mercado de ações disparou nas últimas semanas devido a preocupações com a alta dos preços de energia, que estimularia a inflação e a alta dos juros, problemas de dívida na chinesa China Evergrande Group e riscos de políticas monetárias mais apertadas.

    No entanto, os preços do petróleo caíram pela segunda sessão seguida após um aumento inesperado nos estoques de petróleo dos EUA.

    Enquanto isso, os futuros de gás europeu saíram de máximas históricas com o presidente russo, Vladimir Putin, dizendo que a Rússia aumentará o fornecimento de gás para a Europa em meio à crise energética. 

    Por outro lado, o setor de automóveis e peças saltou +3,2% em seu melhor dia em três meses.

    Além disso, o índice alemão DAX registrou sua melhor sessão desde maio, com alta de 1,85%, sem repercutir dados que mostraram que a produção industrial do país sofreu em agosto a queda mais intensa desde abril do ano passado.

    Do mesmo modo, também ajudaram a melhorar o clima positivo o alívio na frente do teto da dívida norte-americana, depois que líderes do Senado dos EUA concordaram em aumentar o limite de empréstimos até dezembro, e o número de pedidos de auxílio-desemprego no país menor do que o esperado.

    Por fim, em Frankfurt, o índice DAX subiu +1,85%, a 15.250,86 pontos.

    A seguir, em Paris, o índice CAC-40 ganhou +1,65%, a 6.600,19 pontos.

    Giro Nacional

    Câmbio

    Dólar fecha em alta pelo quarto dia consecutivo e alcança os 5,51 BRL

    O dólar fechou em alta de +0,52%, cotado a 5,5160 BRL, nesta quinta-feira (7), mostrando mais força aqui do que no exterior devido à cautela de investidores domésticos antes da divulgação do IPCA de setembro.

    Além disso, na máxima do dia, o dólar alcançou 5,5289 BRL.

    Assim, com o resultado desta quinta, a moeda norte-americana acumula alta de 1,29% no mês e de 6,34% no ano. 

    A moeda norte-americana chegou a operar em baixa nos primeiros minutos de negociação, indo a 5,4674 BRL na mínima intradiária, com analistas citando continuação do alívio no sentimento visto na véspera, quando o Senado dos EUA deu sinais de estar perto de um acordo temporário para evitar calote da dívida federal.

    Bovespa perde fôlego e fecha perto da estabilidade

    O principal índice de ações da bolsa de valores de São Paulo, a B3, fechou perto da estabilidade nesta quinta-feira (7), descolando do clima positivo nos mercados externos.

    Nesse sentido, o Ibovespa subiu +0,02%, a 110.585 pontos.

    Além disso, com variações mínimas na semana, é o quarto dia seguido que o índice não sai da casa dos 110 mil pontos. 

    Dessa forma, com o resultado de hoje, passou a acumular perda de 0,36% no mês e de 7,09% no ano.

    As Commodities

    Preços da soja e do milho sobem em Chicago, trigo de inverno enfraquece

    Os contratos futuros da soja em Chicago subiram nesta quinta-feira, sustentados por sinais de fortes exportações à medida que a colheita recente ficou disponível, disseram traders.

    Além disso, os futuros do milho estavam firmes, com investidores apostando posições antes de um importante relatório do governo que atualizará a previsão para a produção dos EUA.

    No que se refere aos futuros do trigo de inverno perderam força com sinais de que o programa de exportação dos EUA permaneceu fraco, apesar da forte demanda internacional pelo grão. Mas a oferta restrita sustentou os contratos de trigo de primavera.

    Por outro lado, uma série de licitações de trigo por países importadores tem absorvido ofertas da Europa e da região do Mar Negro, alimentando especulações de que a Rússia poderia restringir ainda mais as exportações, enquanto combate a inflação doméstica.

    Além do mais, na bolsa de Chicago, o trigo soft vermelho de inverno para dezembro recuaram 4,75 centavos de dólar em 7,4125 dólares o bushel. 

    Enquanto isso, o milho com vencimento para dezembro avançou 1,75 centavo de dólar em 5,34 dólares o bushel, e a soja para novembro subiu 5,25 centavos de dólar em 12,4725 dólares o bushel.

    Assim, disse em nota Arlan Suderman, economista-chefe de commodities da StoneX:

    “Fundamentalmente, os negócios agora estão focado nos números do lado da oferta do USDA que serão atualizados na próxima terça-feira”.

    Os analistas esperavam que o relatório mensal do USDA sobre as estimativas de oferta e demanda agrícola mundial na terça-feira estimasse a produção de milho dos EUA em 14,973 bilhões de bushels, abaixo da estimativa de setembro de 14,996 bilhões. 

    Dessa forma, a estimativa de produção média de soja foi de 4,415 bilhões de bushels, acima da perspectiva de setembro do USDA de 4,374 bilhões.

    Preços do petróleo retomam alta com improvável liberação de reserva dos EUA

    Os contratos futuros do petróleo se recuperaram nesta quinta-feira, já que o mercado considerou improvável que os Estados Unidos liberassem reservas de emergência ou proibissem as exportações para aliviar a oferta restrita.

    Os futuros do Brent avançaram 0,87 dólar, ou 1,1%, para fechar em 81,95 dólares o barril.

    Enquanto o petróleo dos EUA subiu 0,87 dólar, ou 1,1%, para fechar em 78,30 dólares o barril. 

    Enquanto isso, o conselheiro de segurança nacional do Biden pediu aos fornecedores de energia que aumentem os fluxos para atender à demanda, dizendo que os Estados Unidos estão preocupados com o fracasso em relação a isso.

    Além disso, os EUA usaram suas reservas estratégicas ocasionalmente, após furacões ou outras interrupções no abastecimento.

    No entanto, desde o fim da proibição de 40 anos de exportações de petróleo em 2015, o país se tornou um exportador significativo e não abordou o corte nas exportações.

    Por fim, no início desta semana, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) concordou em aumentar a produção apenas gradualmente, levando os preços do petróleo a máximas de vários anos.

    Os Futuros do Ouro caem nesta quinta

    Na divisão Comex, os Futuros de Ouro com vencimento em dezembro foram negociados a 1.755,25 USD por onça troy, no momento da escrita deste Cryptoinforme, alta de +0,37%.

    Nesse sentido, o Ouro estava propenso a encontrar suporte em 1.745,40 USD e resistência em 1.771,50 USD.

    Em outra parte da Comex, A Prata para entrega em dezembro registrou perdas -0,32% para negociação a 22,605 USD por onça troy.

    Enquanto isso, o Cobre para entrega em dezembro registrou ganhos +2,53% para negociação a 4,2523 USD por libra-peso.

    Os Futuros do Gás Natural

    Na Bolsa de Nova York, Os Futuros do Gás Natural com vencimento em Novembro foram negociados a 5,771 USD por milhões de unidades térmicas Britânicas, no momento da escrita deste Cryptoinforme, alta de +1,69%.

    O Gás Natural estava propenso a encontrar suporte em 5,395 USD e resistência em 6,466 USD.

    O Índice Dólar Futuros, que acompanha o desempenho do dólar norte-americano em comparação com a cesta das seis principais moedas, registrou perdas -0,06% para negociação a 94,218 USD.

    Em outra parte da Nymex, o Petróleo para entrega em novembro registrou ganhos de +1,68% para negociação a 78,73 USD por barril.

    Enquanto isso, o óleo para entrega em novembro registrou ganhos de +1,08% para negociação a 2,4684 USD por galão.

    INDICADORES ECONÔMICOS

    Fonte: CryptoInforme

    GIRO NO MUNDO CRYPTO

    No cenário cripto, o mercado operou em desvalorização com a perda de -0,33%, sendo assim o valor total do mercado registra 2,307 trilhões de dólares.

    Bitcoin (BTC) – Marketcap Total.
    Fonte: CryptoInforme

    No que refere à dominância do mercado, o Bitcoin (BTC) atingiu máxima em 44,85% e mínima nos 43,50%.

    Até o fechamento desta edição o Bitcoin ocupava 44,01%, representa -2,20% em relação às últimas 24 horas.

    Bitcoin (BTC) – Dominância.
    Fonte: CryptoInforme

    Por fim, apresentamos as principais criptomoedas que se destacaram nas últimas 24 horas:

    • Bitcoin SV (BSV) +20,62%:
    Bitcoin SV (BSV) – Price Action
    Fonte: CryptoInforme

    • Fantom (FTM) +19,45%:
    Fantom (FTM) – Price Action
    Fonte: CryptoInforme

    • Chiliz (CHZ) +17,60%:
    Chiliz (CHZ) – Price Action
    Fonte: CryptoInforme

    • Elrond (EGLD) +16,97%:
    Elrond (EGLD) +16,97 – Price Action
    Fonte: CryptoInforme

    • Terra (LUNA) +13,39%:
    Terra (LUNA) – Price Action
    Fonte: CryptoInforme

    Cenário Técnico

    No cenário técnico, o Bitcoin (BTC) que operou de forma mais contida nessa quinta-feira e operou em correção desvalorizando -2,82% e fechou custando 53.787,60 USD.

    Sendo assim, percebe-se o afastamento do preço para a média de 8 períodos diários que no momento está na região dos 50.900 USD.

    Desta forma as luzes de alerta estão ligadas para uma possível pressão vendedora para a efetivação do reequilíbrio do preço junto à referida média móvel.

    Além disto, percebe-se também uma valorização do ativo motivada pelas ordens de stops nas operações frente às altcoins, executando a compra do BTC, o que fez com que o ativo também recuperasse a dominância no mercado.

    Desta forma, é chegado o momento de cautela para a sequência desse movimento que poderá enfrentar uma redistribuição de parte dos lucros executados no ativo para o BTC.

    Uma possível correção do ativo para zonas mais saudáveis podendo retornar até mesmo ao nível de suporte que foi resistência próximo aos 52.800 USD podendo chegar até os 48.800 USD não poderá ser descartada levando em consideração o momento extremamente otimista..

    Sendo assim, a sequência do movimento poderá apresentar uma tentativa de alcance da máxima histórica que poderá formar um movimento altista conhecido por “cup and handle” ou xícara tendo como referência o período semanal.

    Nesse sentido, a chegada do preço nos 60.000 USD e uma acumulação do preço nessa região poderia carregar o preço em uma corrida bull até os 69.000 USD em progressão de longo prazo. 

    Reitera-se a importância em se evitar posições com altas alavancagens visto que o atual momento é de risco para essa modalidade.

    Assim, em referência ao gerenciamento de riscos para as operações, é importante respeitar o momento de cautela para as operações e a utilização das ferramentas de proteção para as posições, tais como os stops, para que com o retorno da grande volatilidade não haja agressão ao patrimônio empregado nas operações.

    Bitcoin (BTC) – Price Action 1.
    Fonte: CryptoInforme


    Reportagem de Jean Pierre Teixeira Costa e reportagem adicional de Ana Flávia Santana Saraiva.


    Acompanhe o CryptoInforme diariamente e fique por dentro das principais notícias!

    Curta a página da CryptoRadar no Instagram, Facebook e Twitter interaja conosco.



    OBSERVAÇÃO:  O informativo CryptoInforme do dia 07/10 não é aconselhamento financeiro, legal e nem indicativo de compra e venda de qualquer ativo. As decisões de como investir devem ser pessoais e com base em seus estudos e pesquisas sobre o mercado financeiro. 


  • CryptoTalk banner

  • Matérias Relacionadas


    Carregar mais matérias relacionadas.