• Análise Técnica

    CryptoInforme

    Vamos ao CryptoInforme do dia 20/10!


    Por Jean Pierre Teixeira Costa • 20 de outubro de 2021
    tempo de leitura do artigo: 11 minutos

    Vamos ao CryptoInforme do dia 20/10!

    CENÁRIO GLOBAL

    Giro pelas Bolsas

    EUA

    S&P 500 termina pouco antes de fechar o recorde, pois as apostas em alta continuam

    O S&P 500 fechou perto de máximos recordes na quarta-feira, quando os concessionários e os serviços de saúde diminuíram a queda depois que a tecnologia deu um suspiro de seu recente derretimento.  

    Nesse sentido, o S&P 500 fechou em alta de 0,37% e o Dow Jones +0,43%. O Nasdaq caiu 0,05%.

    As concessionárias subiram mais de 1%, lideradas pela United Rentals (NYSE: URI ), Jacobs Engineering (NYSE: J ) e Caterpillar (NYSE: CAT ).

    Saúde

    O setor de saúde foi impulsionado por resultados trimestrais positivos, com a Anthem (NYSE: ANTM ) subindo mais de 7% após apresentar resultados do terceiro trimestre que superaram as estimativas de Wall Street.

    A Anthem divulgou lucro ajustado por ação no terceiro trimestre de 6,79 USD sobre receita de 35,82 bilhões de dólares, em comparação com as estimativas dos analistas para EPS de 6,37 USD sobre receita de 35,35 bilhões de dólares.

    Cigna (NYSE: CI ) e Centene (NYSE: CNC ) foram os outros líderes em saúde.

    Em outras áreas em termos de lucros, a United Airlines (NASDAQ: UAL ) relatou resultados trimestrais ajustados melhores do que o esperado, sustentados por uma recuperação contínua em viagens internacionais e de negócios. Suas ações eram planas.

    Tecnologia

    Em tecnologia, enquanto isso, a Netflix (NASDAQ: NFLX ) caiu mais 2% depois que o Deutsche Bank (DE: DBKGn ) rebaixou as ações após os resultados do terceiro trimestre da gigante de streaming divulgados na terça-feira,

    O Deutsche Bank rebaixou a nota do Netflix para não comprar, sob a expectativa de que “uma batida de assinante no 4T já está mais do que precificada na ação”.

    O PayPal (NASDAQ: PYPL ) explorou uma oferta pelo Pinterest (NYSE: PINS ) que avaliou a empresa de mídia social em cerca de 39 bilhões de dólares, informou a Bloomberg News na quarta-feira. O Pinterest deu um salto de 13%, enquanto o PayPal caiu 5%.

    Energia

    O setor de energia ficou atrás do movimento geral de alta, mesmo com os preços do petróleo sendo impulsionados por dados que mostram uma queda inesperada nos estoques semanais de petróleo dos EUA .

    Os estoques de petróleo dos EUA caíram 431.000 barris na semana encerrada em 17 de outubro, confundindo as expectativas de um aumento de 1,9 milhão de barris.

    Em outras notícias, o Bitcoin superou seu recorde anterior de 64.778 USD, com o otimismo sobre as perspectivas sobre a criptografia foi impulsionado pelo lançamento do primeiro bitcoin ETF baseado em futuros na terça-feira.

    Por fim, as ações da Coinbase (NASDAQ: COIN ) Global, Riot Blockchain (NASDAQ: RIOT ) e Marathon Digital (NASDAQ: MARA ) foram maiores.

    Bolsas europeias

    Índice europeu de ações bate pico em 6 semanas; Nestlé se destaca em meio a balanços mistos

    As ações europeias fecharam numa máxima em seis semanas nesta quarta-feira, com os fortes resultados da Nestlé impulsionando papéis de empresas de alimentos e ajudando a compensar perdas depois de uma série de balanços corporativos decepcionantes, incluindo os do grupo de luxo Kering (PA:PRTP) e da fabricante de chips ASML.

    Dessa forma, o índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,3%. O setor de petróleo também ofereceu suporte, uma vez que os preços da commodity se recuperaram.

    Além disso, a gigante suíça de alimentos Nestlé avançou 2,7%, depois de divulgar perspectiva otimista de vendas, uma vez que as fortes vendas de café e a alta dos preços elevaram as vendas orgânicas em 6,5% no terceiro trimestre.

    O índice de alimentos e bebidas ganhou 1,7%, com a anglo-holandesa Unilever (LON:ULVR) (SA:ULEV34), rival da Nestlé e que deve divulgar resultados na quinta-feira, em alta de 0,8%. 

    O setor havia caído na última sessão após resultados decepcionantes da Danone.

    Balanço do terceiro trimestre

    Com o desenrolar da temporada de balanços do terceiro trimestre, investidores estão preocupados com o impacto dos custos mais altos, decorrentes de problemas na cadeia de suprimentos e escassez de mão de obra, especialmente à medida que os principais bancos centrais de todo o mundo planejam reduzir seu estímulo.

    Nesse sentido, Kering caiu 0,6%. O crescimento das vendas da Gucci, uma de suas principais marcas, ficou aquém das expectativas dos analistas, devido à forte desaceleração em seu ritmo de recuperação, especialmente na Ásia.

    Além do mais, ASML Holdings, importante fornecedora para fabricantes de chips de computador, caiu quase 4%, após sua previsão de vendas para o quarto trimestre ficar abaixo das estimativas de alguns analistas.

    Por outro lado, em Frankfurt, o índice DAX subiu 0,05%, a 15.522,92 pontos.

    Além disso, em Paris, o índice CAC-40 ganhou 0,54%, a 6.705,61 pontos.

    Giro Nacional

    Câmbio

    Dólar fecha em queda após alcançar o maior valor em 6 meses

    O dólar fechou em queda nesta quarta-feira (20), com os investidores analisando o rumo das contas públicas após informações de que o novo Auxílio Brasil vai pagar 400 BRL aos beneficiários.

    Assim, a moeda norte-americana avança +0,23%, vendida a 5,5977 BRL.

    Dessa forma, com o resultado desta quarta-feira, acumula alta de 2,07% no mês e de 7,15% no ano.

    Ibovespa fecha em alta de 0,10%, mas tensão com risco fiscal se mantém

    O principal índice de ações da bolsa de valores de São Paulo, a B3, fechou em alta de 0,10%, aos 110.786 pontos, nesta quarta-feira (20), após o governo federal anunciar que seu programa de renda mínima vai respeitar o teto de gastos sem informar de que forma isso será feito.

    Dessa forma, com o resultado desta quarta, a Bolsa acumula avanço de 0,17% no mês e de 6,92% no ano.

    As Commodities

    Carvão Metalúrgico e coque

    Os contratos futuros de carvão metalúrgico e de coque chineses abriram em queda de 9% nesta quarta-feira e atingiram os limites diários de negociação, enquanto o principal planejador econômico do país se comprometeu a tomar todas as medidas necessárias para trazer o mercado de carvão de volta a um nível razoável.

    Nesse sentido, a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma informou na terça-feira que traria os preços do carvão de volta a uma faixa razoável e reprimiria quaisquer irregularidades que perturbassem a ordem do mercado ou especulações maliciosas sobre os futuros do carvão térmico.

    Alguns dos principais produtores de carvão da China disseram que aumentariam a produção e limitariam os preços neste inverno e na próxima primavera “independentemente dos custos”, seguindo declarações do governo.

    Por outro lado, os contratos futuros de carvão térmico na Bolsa de Commodities de Zhengzhou, e o carvão metalúrgico e coque na Bolsa de Dalian, despencaram nas negociações da noite de terça-feira.

    Além disso, os preços do carvão metalúrgico mais negociados, para entrega em janeiro, ficaram em 3.442 iuanes (538,58 dólares) por tonelada após atingir o limite inferior. Os preços do coque caíram para 4.039 iuanes por tonelada.

    Queda acentuada

    Os preços do carvão metalúrgico e do coque caíram 89% e 70%, respectivamente, desde o final de junho.

    Nessa linha, a queda nos preços das matérias-primas também causou quedas nos preços do aço na Bolsa de Futuros de Xangai. O vergalhão usado na construção caiu 2,9%, para 5.304 iuanes por tonelada.

    Por outro lado, as bobinas laminadas a quente, usadas em carros e eletrodomésticos, fecharam em queda de 2,5%, em 5.550 iuanes por tonelada.

    Além disso, os futuros do aço inoxidável, para com vencimento em em novembro, caíram 2,3%, para 20.075 iuanes por tonelada.

    Por fim, já os futuros do minério de ferro de referência na Bolsa de Dalian subiram 0,5%, para 710 iuanes por tonelada.

    Os Futuros do Gás Natural

    Na Bolsa de Nova York, os Futuros do Gás Natural com vencimento em Novembro foram negociados a 5,176 por milhões de unidades térmicas Britânicas, no momento da escrita deste CryptoInforme, alta de +1,73%.

    Nesse sentido, o Gás Natural estava propenso a encontrar suporte em 4,825 USD e resistência em 5,964 USD.

    O Índice Dólar Futuros, que acompanha o desempenho do dólar norte-americano em comparação com a cesta das seis principais moedas, registrou perdas 0,19% para negociação a 93,547 USD.

    Em outra parte da Nymex, o Petróleo para entrega em dezembro registrou ganhos 0,96% para negociação a 83,23 USD por barril.

    Enquanto isso, o óleo para entrega em novembro registrou ganhos 1,14% para negociação a 2,5899 USD por galão.

    Ouro tem maior alta em uma semana

    Os preços do ouro subiram pelo segundo dia consecutivo na esteira de um dólar mais fraco, mas os ganhos do metal dourado foram superados pelos da prata, que registrou seu maior avanço em dois dias desde julho de 2021.

    Além disso, a prata teve seu próprio avanço nesta semana na sequência da demanda de circuitos eletrônicos e das aplicações de “energia verde”.

    Nesse sentido, o contrato mais ativo dos futuros de ouro dos EUA, com vencimento em dezembro, fechou a 1.784,90 USD por onça na Comex de Nova York, alta de 14,40 USD. 

    Além do mais, os futuros de prata de dezembro na Comex, no entanto, subiram 5,1% no mesmo período, registrando alta de 0,562 USD e 0,519 USD, respectivamente, na quarta e na terça-feira, com um último fechamento a 24,45 USD.

    Por fim, a recuperação do ouro ocorreu após o Índice do dólar, indexado em relação a seis grandes moedas, lideradas pelo euro, ter diminuído um total de 0,4% em dois dias.

    Futuros do Petróleo

    Na Bolsa Mercantil de Nova York, os Futuros do Petróleo com vencimento em dezembro foram negociados a 83,30 USD por barril, no momento da escrita deste CryptoInforme, alta de +1,04%.

    Nesse sentido, o Petróleo estava propenso a encontrar suporte em 80,38 USD e resistência em 83,87 USD.

    Em outra parte da ICE, o Petróleo Brent para entrega em dezembro registrou ganhos 0,75% para negociação a 85,72 USD por barril.

    Enquanto isso, o spread entre o Petróleo Brent e o Petróleo ficou a 2,42 USD por barril nos contratos.

    Indicadores Econômicos

    Fonte: CryptoInforme

    GIRO NO MUNDO CRYPTO

    No cenário cripto, tivemos uma valorização de +4,11% na capitalização total do mercado, que até o momento do fechamento desta edição do CryptoInforme valia 2.66 trilhões de dólares.

    Bitcoin (BTC) – Marketcap Total.
    Fonte: CryptoInforme

    No que se refere à dominância do mercado, o Bitcoin (BTC) renovou sua máxima e segue recuperando espaço no mercado e hoje opera com uma valorização de +0,98% com máxima nos 47,72% e mínima nos 46,70%.

    Até o momento do fechamento desta edição o BTC ocupava 46,88% da capitalização total do mercado cripto.

    Bitcoin (BTC) – Dominância.
    Fonte: CryptoInforme

    Por fim, apresentamos as principais criptomoedas que se destacaram nas últimas 24 horas:

    • OKB (OKB): +26,22%:
    OKB (OKB) – Price Action
    Fonte: CryptoInforme
    • Houbi Token (HT): +20,23%:
    Houbi Token – Price Action
    Fonte: CryptoInforme
    • Solana (SOL): +17,21%:
    Solana (SOL) – Price Action
    Fonte: CryptoInforme
    • Enjin Coin (ENJ): +15,61%:
    Enjin Coin (ENJ) – Price Action
    Fonte: CryptoInforme
    • Nexo (NEXO): +15,13%
    Nexo (NEXO) – Price Action
    Fonte: CryptoInforme

    Cenário Técnico

    No cenário técnico, o Bitcoin (BTC) segue valorizando, renovando as máximas inclusive formando uma nova máxima histórica que agora é representada pelos 67.000 USD.

    No que se refere ao distanciamento da ação do preço das médias móveis que até o momento é de aproximadamente 6% da média móvel exponencial de 8 períodos diários, é necessário ter cautela para as operações compradas.

    Sendo assim o mais saudável para o ativo seria um movimento corretivo do preço conhecido por “pullback” com a busca do price action junto à referida média móvel na região aproximada dos 64.500 USD.

    Por outro lado, o ativo pode permanecer valorizando até encontrar uma exaustão por completo do preço no nível dos 69.000 USD.

    Reitera-se a importância em se evitar posições com altas alavancagens visto que o atual momento é de risco para essa modalidade.

    Para finalizar, em referência ao gerenciamento de riscos para as operações, é importante respeitar o momento de cautela para as operações e a utilização das ferramentas de proteção para as posições, tais como os stops, para que com o retorno da grande volatilidade não haja agressão ao patrimônio empregado nas operações.

    Bitcoin (BTC) – Price Action 1
    Fonte: CryptoInforme

    Bitcoin (BTC) – Price Action 2
    Fonte: CryptoInforme



    Reportagem de Jean Pierre Teixeira Costa e reportagem adicional de Ana Flávia Santana Saraiva.


    Acompanhe o CryptoInforme diariamente e fique por dentro das principais notícias!

    Curta a página da CryptoRadar no Instagram, Facebook e Twitter interaja conosco.



    OBSERVAÇÃO: O informativo CryptoInforme do dia 20/10 não é aconselhamento financeiro, legal e nem indicativo de compra e venda de qualquer ativo. As decisões de como investir devem ser pessoais e com base em seus estudos e pesquisas sobre o mercado financeiro. 


  • CryptoTalk banner

  • Matérias Relacionadas


    Carregar mais matérias relacionadas.