• Análise Técnica

    CryptoInforme

    CryptoInforme 17/11


    Por Jean Pierre Teixeira Costa • 17 de novembro de 2021
    tempo de leitura do artigo: 6 minutos

    Vamos ao CryptoInforme do dia 17/11!

    CENÁRIO GLOBAL


    EUA

    Bolsas americanas fecham estáveis

    O S&P 500 ficou estável na quarta-feira, com os investidores parecendo ter uma pausa nos setores cíclicos do mercado, com os setores financeiro e de energia liderando o mercado mais amplo em baixa.

    Dessa forma, o S&P 500 caiu 0,14%, o Dow Jones caiu 0,42%, ou 149 pontos, o Nasdaq perdeu 0,22%.

    Europa

    Ações europeias avançam pelo 6º dia seguido e fecham em máxima recorde

    As ações europeias fecharam em máxima recorde nesta quarta-feira, subindo pela sexta sessão seguida.

    Nesse sentido, o índice FTSEurofirst 300 subiu 0,22%, a 1.898 pontos

    Enquanto isso, o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,17%, a 490 pontos.

    Por outro lado, em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,02%, a 16.251 pontos.

    Por fim, em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,06%, a 7.156 pontos.


    Câmbio

    Dólar fecha em alta com apostas de aperto monetário nos EUA e ruído fiscal doméstico

    O dólar fechou em alta nesta quarta-feira (17), em meio a crescentes apostas de aperto monetário mais cedo do que o esperado nos Estados Unidos e a incertezas sobre a saúde fiscal do Brasil.

    Nessa linha, a moeda norte-americana subiu 0,46%, cotada a 5,5246 BRL. 

    Dessa forma, com o resultado desta quarta, passou a acumular queda de 2,18% no mês. No ano, tem avanço de 6,5% contra o real.

    Ibovespa fecha aos 102 mil pontos e atinge menor patamar em um ano

    O principal índice de ações da bolsa de valores de São Paulo, a B3, fechou em forte queda de 1,39%, aos 102.948 pontos nesta quarta-feira (17), em meio a preocupações com o cenário fiscal, em um ambiente de deterioração nas perspectivas econômicas do país.

    Nesse sentido, esse foi o terceiro pregão seguido de queda e o menor patamar intradia desde novembro de 2020.


    Fonte: CryptoInforme

    No cenário cripto, a quarta-feira segue de forma positiva com valorização de +1% e uma capitalização total de 2,623 trilhões de dólares.

    Bitcoin (BTC) – Marketcap Total.
    Fonte: CryptoInforme

    No que se refere à dominância do mercado, o Bitcoin (BTC) tem, até o fechamento desta edição do CryptoInforme, um ganho de +0,82%, ocupando até o momento 44,14% do mercado.

    Bitcoin (BTC) – Dominância.
    Fonte: CryptoInforme

    Por fim, apresentamos as principais criptomoedas que se destacaram nas últimas 24 horas, até o fechamento desta edição:

    • Crypto.com Coin (CRO) +28,23%:
    Crypto.com Coin (CRO) – Price Action
    Fonte: CryptoInforme
    • Secret (SCRT) +24,32%:
    Secret (SCRT) – Price Action
    Fonte: CryptoInforme
    • Kadena (KDA) +24,32%:
    Kadena (KDA) – Price Action
    Fonte: CryptoInforme
    • WAX (WAXP) +13,60%:
    WAX (WAXP) – Price Action
    Fonte: CryptoInforme
    • Avalanche (AVAX) +14,93%:
    Avalanche (AVAX) – Price Action
    Fonte: CryptoInforme

    No cenário técnico, o Bitcoin (BTC) operou em recuperação e até o momento registra uma desvalorização de -0,58%, nos 59.865 USD.

    Assim a briga na parte superior da caixa marcada no gráfico que representa uma região de resistência nos 60.200 USD, vai se consolidando de forma positiva apresentando bastante força compradora na região.

    No que se refere ao comportamento das médias móveis exponenciais nesta região, pode-se observar a retração das médias de 8 e 21 períodos diários de curto prazo que até o momento, estão distantes da ação do preço.  

    Bitcoin (BTC) – Média Móvel Exponencial 8 e 21 períodos diários
    Fonte: CryptoInforme

    Por outro lado, analisando o gráfico semanal pode-se observar também a ação do preço respeitando a Média Móvel Exponencial de 8 períodos e formando um suporte acima do maior fechamento semanal de abril que formou um topo com bastante resistência para o período.

    Bitcoin (BTC) – Média Móvel Exponencial 8 – Semanal
    Fonte: CryptoInforme

    Dessa forma, para o momento, percebe-se uma tensão em relação à perda da Linha de Tendência de Alta (LTA) formada e uma possível correção que poderá ocorrer nas próximas semanas.

    Bitcoin (BTC) – LTA Linha tendência de Alta
    Fonte: CryptoInforme

    Por outro lado, com o assunto da assinatura do Projeto de Lei de infraestrutura de 1 trilhão de dólares, que contém uma nova regra determinando a declaração de imposto sobre criptomoedas.

    Dessa forma, o texto do Projeto de Lei expressa que as corretoras de criptomoedas sejam obrigadas a revelar quem são seus clientes e relatar cada vez que receberem mais de 10.000 USD em criptomoedas, coletar informações pessoais, incluindo número de Seguro Social, natureza de transação e outras informações que apresentem a transação ao governo em um período de 15 dias.

    Como resultado, o mercado teme que o texto seja muito amplo e que a palavra “corretor” inclua mineradores e outros operadores sob questões tributárias, o que criaria desafios fiscais para os investidores.

    Nesse sentido, o conselho que supervisiona a dívida multimilionária da exchange Mt.Gox, que em 2014 sofreu um ataque hack, assinou um acordo prevendo a liquidação para pagamento de 150.000 BTC às vítimas.

    Assim, o receio é que isso gere uma ação de despejo no mercado e afete a ação do preço do BTC.

    Dito isto, a dificuldade da recuperação do preço para os níveis acima dos 60.500 USD podem estar representando essa preocupação do mercado que aguarda o ativo encontrar um fundo.

    Desta forma, podemos observar várias tentativas de recuperação do preço acima dos valores de resistência sem sucesso.

    Então o mais saudável a se fazer para manter o patrimônio seguro é a utilização das ferramentas de proteção para as posições.

    Panic Sold

    Dessa maneira, visto que podemos ter mais um ato corretivo do BTC para o mês de novembro e que poderá gerar mais um “panic sold”, levando o preço a níveis mais inferiores.

    Sendo assim, há que se respeitar o atual momento de tensão e evitar posições alavancadas no mercado, visto que a grande volatilidade e pressão que poderá ser gerada poderá afastar ainda mais o preço da região de topo do gráfico.

    Por outro lado, observamos também o comportamento de “Baleias”, conhecidas por movimentarem grandes quantidades de ativos dentro do mercado, mexendo em suas carteiras para aumentarem as suas quantidades de Bitcoin na região dos 60.000 USD.

    Portanto, este fator pode sim segurar o preço do ativo nessa região, e iniciar uma nova fase de acumulação para a reversão da tendência de curto prazo que é baixista.

    Para finalizar, em referência ao gerenciamento de riscos para as operações, é importante respeitar o momento de cautela para as operações e a utilização das ferramentas de proteção para as posições, tais como os stops, para que com o retorno da grande volatilidade não haja agressão ao patrimônio empregado nas operações.

    Bitcoin (BTC) – Price Action 1
    Fonte: CryptoInforme


    Reportagem de Jean Pierre Teixeira Costa e reportagem adicional de Ana Flávia Santana Saraiva.


    Acompanhe o CryptoInforme diariamente

    e fique por dentro das principais notícias!

    Curta a página da CryptoRadar no

    Instagram, Facebook, Twitter e interaja conosco!


    OBSERVAÇÃO: O informativo CryptoInforme do dia 17/11 não é aconselhamento financeiro, legal e nem indicativo de compra e venda de qualquer ativo. As decisões de como investir devem ser pessoais e com base em seus estudos e pesquisas sobre o mercado financeiro. 


  • CryptoTalk banner

  • Matérias Relacionadas


    Carregar mais matérias relacionadas.