“Foco deve ser direcionado à Bakkt e não para rejeições de ETF”, afirma CEO do Pantera Capital

0
60

Na última quarta (08), Dan Morehead, o fundador e CEO da Pantera Capital, disse em uma entrevista para o programa Fast Money da CNBC que ainda levará um bom tempo para que um ETF de bitcoin seja aprovado pela SEC (Comissão de Valores Mobiliários dos EUA), e que os investidores deveriam estar mais interessados no lançamento da plataforma Bakkt.

Bob Pisani

O segmento de Bitcoin no programa Fast Money iniciou com o correspondente de notícias Bob Pisani falando sobre o adiamento da SEC para se decidir sobre a proposta de ETF de bitcoin da VanEck / SolidX / CBOE:

“O problema aqui é que não estamos mais perto de um ETF de Bitcoin, apesar de uma nova abordagem para contornar a questão que incomoda a SEC … a decisão foi adiada até 30 de setembro, mas não se engane: é provável que a SEC não leve nada mais em consideração além de um breve resumo sobre o motivo pelo qual negarão o ETF na época, assim como negaram o ETF de Bitcoin dos Winklevoss no mês passado. A razão pela qual eles negarão o ETF é que ele não resolve completamente as questões que preocupam a SEC sobre o Bitcoin.”

Após essa afirmação, Pisani explicou o que ele acredita ser a principal preocupação da SEC em relação ao Bitcoin: “A maior parte das negociações de Bitcoin ocorre fora dos Estados Unidos, em bolsas não regulamentadas que estão sujeitas a fraude e manipulação”. Entretanto, ele afirmou que a proposta de ETF de Bitcoin da VanEck/SolidX/CBOE busca resolver esses problemas de duas maneiras:

  • um valor muito alto (200 mil dólares) para “afugentar investidores de varejo”; e
  • um seguro contra o roubo das moedas digitais, visando proteger os investidores.

No entanto, Pisani não acha que isso seja suficiente para satisfazer a SEC. Para ele, a aprovação de um ETF de bitcoin é muito importante para o mercado de criptomoedas. Ele observou que a movimentação do preço do bitcoin nos últimos 40 dias parece ser diretamente influenciada pela especulação em torno de um ETF de Bitcoin.

Dan Morehead

Em seguida, foi a vez de Dan Morehead. Ele foi perguntado sobre o que achava da opinião de Pisani de que a última queda no preço do Bitcoin parecia estar diretamente relacionada à dificuldade de conseguir a aprovação de um ETF de bitcoin pela SEC. Ele acredita que os investidores estão reagindo de maneira exagerada às notícias sobre o adiamento da decisão da SEC sobre o ETF da VanEck/SolidX/CBOE, e explicou:

Acho que a principal coisa a lembrar é que o Bitcoin é como um empreendimento de estágio inicial, mas tem uma taxa de preço em tempo real, e isso é uma coisa única … As pessoas ficam realmente empolgadas com o preço e reagem exageradamente às notícias … A rejeição da ETF é a mesma que tivemos durante cinco anos. Acho que a SEC tem sido muito cautelosa sobre essa questão.

Em relação a quão essencial é ter um ETF de Bitcoin para ajudar a impedir a queda no preço do bitcoin, Morehead disse que é tudo uma questão de perspectiva, uma vez que o bitcoin está em alta de 82% se compararmos com o preço de agosto do ano passado, ou seja, ele está se saindo bem. O CEO da Pantera Capital também insinuou que os investidores não deveriam estar “prendendo sua respiração”, aguardando uma possível aprovação de um ETF de bitcoin.

Acho que vai demorar muito até que um ETF seja aprovado … A última classe de ativos a ser aprovada para certificação de ETF foi o cobre, e o cobre está na Terra há 10.000 anos, e só foi aprovado em 2012 depois um processo muito longo de vários anos. Acho que os ETFs e o Bitcoin ainda têm um bom caminho a percorrer.

No entanto, Morehead acredita que a notícia de que a Intercontinental Exchange (ICE), controladora da Bolsa de Valores de Nova Iorque (NYSE), está lançando a plataforma Bakkt, uma bolsa de ativos digitais, é uma excelente notícia para a indústria de cripto. “É uma excelente notícia. Isso terá um impacto profundo pelos próximos cinco ou dez anos para os mercados, e, em minha opinião, é para isso que o foco das pessoas deveria estar direcionado”, afirmou.

O preço do bitcoin ainda pode cair mais um pouco, mas daqui há um ano, ele será bem maior do que é hoje.


Curta a página da CryptoRadar no Facebook e interaja conosco.


Já ouviu nosso podcast? Acesse CryptoTalk e fique por dentro.