• Criptoativos

    Altcoins

    Será que o USDT tem lastro? Tether atualiza termo em seu site.


    Por Alexandre Dantas Lage • 14 de março de 2019
    tempo de leitura do artigo: 2 minutos

    Atualização dos termos em seu site afirma que sua moeda digital estável, o USDT, pode não ser lastreado 100% por dinheiro fiduciário. Como era de se esperar, comunidade não reagiu bem e o Tether entra, mais uma vez, em uma polêmica.

    De acordo com o site oficial do Tether, o novo texto afirma que o USD₮ é lastreado 100% por suas reservas. Portanto, em alguns momentos, essas reservas podem incluir outros ativos.

    Atualização silenciosa?

    Aparentemente, a atualização dos termos sobre o lastro do USD₮ foi feito sem alardes e avisos. Pelo menos é o relatado pela comunidade de cripto, tanto no Twitter quanto no Reddit.

    De todo modo, através do site web.archive podemos ver como era o site em meados de fevereiro, antes da atualização. O antigo texto dizia o seguinte:

    Todo tether é sempre lastreado na proporção de 1 para 1, pela moeda fiduciária tradicional mantido em nossas reservas. Então, 1 USD₮ é sempre equivalente a 1 USD.

    Entretanto, após a atualização, o texto afirma que o USDT não é 100% lastreado pelo USD e sim por suas reservas. De acordo com o novo texto:

    Todo tether é sempre 100% lastreado por nossas reservas, que são compostas por moedas tradicionais e o equivalente em dinheiro e, de tempos em tempos, compostas também por outros ativos e recebíveis de empréstimos feitos pela Tether a terceiros, que podem incluir entidades afiliadas. Cada tether é também lastreado em 1 para 1 com o dólar, então 1 USD₮ é sempre avaliado pela Tether como sendo equivalente a 1 USD.

    Ao nosso ver, o problema real sobre essa atualização é sobre o lastro do tether estar, em partes, em recebíveis de empréstimos a terceiro e outros ativos. Quanto aos empréstimos, o maior risco é o não recebimento dos fundos por parte dos devedores

    Agora, quanto aos “outros ativos”, se eles forem criptoativos, a situação é ainda mais preocupantes. Afinal, caso o criptoativo mantido pela empresa se desvalorize, ela perderá parte de suas reservas.

    Apesar de achar que essa postura do Tether, de manter reservas em ativos e recebíveis, seria de um amadorismo extremo para uma empresa desse porte, é importante lembrar do fiasco da Mt. Gox.

    Alteração não foi bem recebida pela comunidade

    Como era de se esperar a comunidade não viu essa alteração com bons olhos. Isso porque o Tether já esteve envolvido em polêmicas sobre manter reservas de USD suficientes para lastrear sua stablecoin.

    No entanto, uma auditoria não oficial realizada pelo escritório de advocacia Freeh Sporkin & Sullivan LLP, afirmou na época que o Tether possuía reservas suficientes para lastrear o USD₮ em 1 para 1 com o USD.

    De todo modo, uma auditoria oficial de suas reservas nunca foi liberada pela empresa. Portanto, é de se esperar que o ceticismo se perpetue pelo ecossistema de cripto.

    Inclusive, não é à toa que muitas outras stablecoins foram criadas para competir com o USD₮. Além disso, com toda essa polêmica envolvendo o tether, outras stablecoins cresceram após a “queda” do USD₮.


    Curta a página da CryptoRadar no Facebook e Twitter interaja conosco.
    Já ouviu nosso podcast? Acesse CryptoTalk e ouça.

  • CryptoTalk banner

  • Matérias Relacionadas


    Carregar mais matérias relacionadas.