• Criptoativos

    Altcoins

    Atualização Ethereum: CEO responde críticas ao Proof of Stake (PoS)


    Por Ana Flávia Santana Saraiva Saraiva • 15 de julho de 2022
    tempo de leitura do artigo: 2 minutos


    Atualização Ethereum: CEO responde críticas ao Proof of Stake (PoS)

    O cofundador do Ethereum, Vitalik Buterin, rebateu aos críticos da prova de trabalho (PoW) alegando que o Ethereum é uma prova de participação (PoS) por causa dos votos da comunidade que mudaram o protocolo.

    Vitalik Buterin usou o seu Twitter para defender o algoritmo de consenso de Proof of Stake (PoS), que deve ser implementado no Ethereum ainda este ano.

    Nesse sentido, o cofundador da Ethereum discutiu com Nick Payton, que argumentou na quinta-feira que qualquer criptomoeda que alimente uma blockchain de prova de participação é uma security (título emitido por empresa).

    Assim, disse Payton:

    “O fato de você poder votar em algo para alterar suas propriedades é prova de que é uma security”.

    Na manhã de sexta-feira, Buterin chamou a afirmação de Payton de “mentira descarada”.

    Dessa forma, acrescentou o CEO:

    “É incrível como alguns proponentes [da prova de trabalho] continuam repetindo a mentira descarada [de que a prova de participação] inclui votação em parâmetros de protocolo (não, assim como [prova de trabalho] não) e isso muitas vezes não é contestado.

    Os nós rejeitam blocos inválidos, em [prova de participação] e em [prova de trabalho]. Não é difícil.”

    Em sua defesa da prova de participação, Buterin levou sua réplica um passo adiante com uma correção de gramática irônica para o editor.

    “Em inglês, quando falamos de coisas como prova de participação, não dizemos “É uma segurity”, dizemos “é seguro”.

    Relacionado: Atualização Ethereum: Testnet Merge com maior sucesso – ‘Hiccups não atrasará o Merge.’

    Não é a primeira crítica à decisão de Buterin

    No início deste mês, Buterin respondeu ao maximalista do Bitcoin, Jimmy Song, que argumentou que a prova de participação “não fornece consenso descentralizado” porque, na opinião de Song, não resolve o problema dos generais bizantinos.

    Dessa forma, Song estava referindo-se ao problema de alcançar consenso sem alguma centralização por meio de uma única parte confiável.

    Para esclarecer, o consenso em criptografia é alcançado quando várias entidades são capazes de concordar com os mesmos dados sem a intervenção de uma autoridade central – isso permite transações de blockchain.

    No entanto, para Vitalik, o argumento de Song depende de uma “tecnicalidade”:

    “Se há uma longa tradição de pessoas debatendo A vs B com base em argumentos profundos que tocam em matemática, economia e filosofia moral, e você vem dizendo “B é burro por causa de uma tecnicidade de uma linha envolvendo definições”, você está provavelmente errado”, disse Buterin.

    Por fim, no momento desta edição, o ETH, token nativo da rede Ethereum, é negociado a cerca de US$ 1216, com alta de 1,70% nas últimas 24 horas.

    Acompanhe análise técnica do BTC feita pelo time da CryptoRadar. Acesse aqui!

    Atualização Ethereum: CEO responde críticas ao Proof of Stake (PoS)

    Fonte: https://br.investing.com/news/cryptocurrency-news/criador-do-ethereum-responde-criticas-ao-proof-of-stake-pos-1018026 (com adaptações)


    ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE
    Os pontos de vista e opiniões expressos pela CryptoRadar ou qualquer pessoa mencionada neste artigo, são apenas para fins informativos e não constituem aconselhamento financeiro, de investimento ou outros afins. Investir ou negociar criptoativos traz risco de perda financeira.



  • Matérias Relacionadas


    Carregar mais matérias relacionadas.