• Criptoativos

    Bitcoin

    Bitcoin (BTC) se recupera 10% do fundo de ontem


    Por Dassia Souza • 25 de janeiro de 2022
    tempo de leitura do artigo: 1 minuto

    O Bitcoin (BTC) se recupera 10% do fundo de ontem e os mercados de criptomoedas ganham USD 120 bilhões.

    Bitcoin (BTC) se recupera 10% do fundo de ontem

    As últimas 24 horas foram turbulentas em todo o mercado de criptomoedas.

    Pois, ontem o BTC mergulhou em uma espiral descendente e acabou atingindo um preço abaixo de USD 33.000. 

    No entanto, os touros conseguiram dar um tempo e recuperaram algumas das perdas anteriores, o que levou o preço a atingir USD 37.550.

    Atualmente, o preço do BTC está em torno de USD 36.000, o que representa um aumento estimado de 10% desde o fundo de ontem.

    Preço Bitcoin (BTC) no diário
    Fonte: TradingView

    Acompanhe o análise técnica diária do Bitcoin (BTC) acessando o link aqui

    O valor de mercado total ganha USD 120 bilhões

    Com o salto do BTC, veio a recuperação geral do mercado.

    Pois a capitalização total aumentou cerca de USD 120 bilhões nas últimas 24 horas.

    Isso ocorreu devido a ganhos consideráveis ​​provenientes de altcoins líderes.

    Como por exemplo Solana (SOL), que subiu 9% nas últimas 24 horas, assim como Polkadot (DOT).

    Assim, a maior parte do mercado está no verde hoje, tentando consertar as feridas dos últimos dias. 

    Alguns dos ganhadores mais notáveis ​​​​incluem o Fantom, que aumentou mais de 16%, o ATOM, até 18% e assim por diante.

    Por outro lado, existem criptomoedas como DASH, bem como CVX, que não conseguiram traçar nenhum aumento considerável e estão ligeiramente abaixo ou em equilíbrio em comparação com 24 horas atrás.

    Fonte: Coin360

    E aí, será que o Bitcoin (BTC) aumente seu preço nos próximos dias? Comente!

    Curta a página da CryptoRadar na Instagram, FacebookTwitter e interaja conosco

    Fonte: Bitcoin Rebounds 10% From Yesterday’s Bottom, Crypto Markets Gain $120B (Market Watch)


  • Matérias Relacionadas


    Carregar mais matérias relacionadas.