• Criptoativos

    Bitcoin

    Queda para 56.000 USD do Bitcoin (BTC) foi o valor mínimo?


    Por Dassia Souza • 22 de novembro de 2021
    tempo de leitura do artigo: 2 minutos

    A tendência baixa da criptomoeda na última semana mantem aos analistas na expectativa, será que a queda para 56.000 USD do Bitcoin (BTC) foi o valor mínimo?

    Queda para 56.000 USD do Bitcoin (BTC) foi o valor mínimo?

    A regra de negociação do BTC deve ser “esperar o inesperado”.

    Pois, no ano passado, houve cinco ocorrências de ganhos diários de 20% ou mais, bem como cinco quedas intradiárias de 18%.

    Portanto, a volatilidade dos últimos 3 meses foi modesta em comparação com os picos recentes.

    Volatilidade histórica de 90 dias do Bitcoin.
    Fonte: TradingView

    Os traders de Bitcoin (BTC) costumam ficar embasbacados por uma correção de 19% após uma alta local, como por exemplo a queda do preço do BTC de 13.360 USD abaixo da máxima histórica de 69.000 USD.

    Nos últimos 4 dias, quase 600 milhões de dólares em contratos futuros de posições compradas de BTC foram liquidados. Isso pode tornar-se um número considerável, mas representa menos de 2% do total dos mercados futuros de BTC.

    Contratos futuros de Bitcoin (BTC) em aberto.
    Fonte: Coinglass.com

    Assim, a evidência de que a queda de 19% para 56.000 USD marcou um fundo local, é a falta de um evento de liquidação significativo.

    Medida de risco dos mercados de opções permaneceu estável

    É importante analisar a inclinação delta de 25%, já que este indicador fornece uma visão confiável do sentimento de “medo e ganância”, comparando opções de compra e venda lado a lado.

    Essa métrica torna-se positiva quando o prêmio das opções de venda de neutro para pessimista for maior do que as opções de compra de risco semelhante.

    Nesse sentido, a situação é considerada um cenário de “medo” e a tendência oposta sinaliza alta ou “ganância”.

    Opções de 30 dias para Bitcoin 25% delta.
    Fonte: Laevitas.ch

    Valores entre 7% negativos e 7% positivos são considerados neutros, portanto, nada fora do comum aconteceu durante o teste do suporte de 56.000 USD.

    Traders de margem ainda estão comprados

    A negociação de margem permite que os investidores emprestem criptomoedas para alavancar suas posições, aumentando assim seus retornos.

    Por exemplo, pode-se comprar criptomoedas tomando emprestado Tether (USDT) e aumentando sua exposição.

    Por outro lado, os tomadores de empréstimos de BTC só podem vendê-lo quando apostarem na redução do preço.

    Ao contrário dos contratos futuros, o equilíbrio entre as posições compradas e vendidas na margem nem sempre é compatível.

    Razão de empréstimo de margem OKEx USDT/BTC.
    Fonte: OKEx

    O gráfico mostra que os traders têm tomado mais empréstimo de  USDT recentemente, já que o índice aumentou de 7 em 10 de novembro para os atuais 13. 

    Os indicadores mostram resiliência na recente queda de preço do BTC e os dados de derivativos indicam que 56.000 USD foi o fundo do poço. 

    Do mesmo modo, os indicadores favorecem em 13 vezes o endividamento em stablecoins, de modo que isso pode estar refletindo uma exposição positiva ao preço do BTC.

    Curta a página da CryptoRadar no Instagram, FacebookTwitter e interaja conosco.

    Qual você acha que será o destino do preço do Bitcoin (BTC)? Deixe seus comentários!

    Fonte: 3 reasons why Bitcoin’s drop to $56.5K may have been the local bottom

  • CryptoTalk banner

  • Matérias Relacionadas


    Carregar mais matérias relacionadas.