• Criptoativos

    Bitcoin

    Taproot do Bitcoin (BTC) entrou no ar com sucesso


    Por Dassia Souza • 17 de novembro de 2021
    tempo de leitura do artigo: 2 minutos

    O tão esperado upgrade Taproot do Bitcoin (BTC) entrou no ar com sucesso e promete tornar o BTC mais privado e seguro.

    Taproot do Bitcoin (BTC) entrou no ar com sucesso

    A rede Bitcoin lançou o Taproot no bloco 709.632 às 5:15 UTC no domingo 14 de novembro de 2021.

    O Taproot é a primeira atualização significativa na rede desde agosto de 2017, após as atualizações da Rede Lightining e SegWit.

    A qual, consiste na aprovação de três propostas de melhoria do Bitcoin (BTC), os BIPs 340, 341 e 342 e tem como objetivos melhorar a segurança, eficiência e sobretudo a privacidade dos usuários.

    Enquanto a SegWit e a Lightning Network se concentram em fazer transações mais rápidas e baratas, o Taproot traz muito mais do que apenas melhorar a escalabilidade e reduzir taxas. 

    Pois o Taproot traz Schnorr Signatures para reduzir alguns dos encargos na rede enquanto melhora a simplicidade, eficiência e segurança. 

    Além disso, cria uma espécie de chave mestra para resumir um conjunto de assinaturas em uma única. 

    Portanto, torna possível realizar transações de múltiplas entradas com várias assinaturas (UTXI) de forma muito mais fácil, rápida e econômica.

    O Taproot torna os contratos inteligentes mais eficientes

    O Taproot visa melhorar a linguagem de script do Bitcoin (BTC) por meio do conceito de Merkelized Abstract Syntax Tree (MAST). 

    Isso abre a porta para recursos de contrato inteligente na rede, levando a uma adoção ainda maior.

    “O It (MAST) pode ajudar a tornar os contratos inteligentes mais eficientes e privados, revelando as partes relevantes do contrato ao gastar”.

    Hampus Sjöberg, desenvolvedor de Bitcoin.

    Nesse sentido, Sjöberg acredita que no longo prazo, o Taproot produzirá uma blockchain mais fungível e robusto.

    90% de consenso para Taproot

    Bitcoin (BTC) é um protocolo descentralizado que requer um processo de aprovação antes que qualquer atualização em toda a rede possa ser implementada. 

    Portanto, os mineradores usaram um método de teste rápido para chegar a um consenso e coordenar a implantação do Taproot.

    O Speedy Trial envolveu sinalização de mineradores para a implantação em seu bloco minado. Para travar o upgrade para ativação, 90% dos blocos têm que sinalizar, o que foi alcançado pelo Taproot em junho.

    Benefícios do Taproot

    Taproot do Bitcoin (BTC) entrou no ar com sucesso

    Um dos principais benefícios é a melhoria em transações que usam assinaturas múltiplas (multisig), ou seja, transações que precisam de duas de três (2/3) assinaturas para serem realizadas.

    Este uso é muito comum por empresas para uma melhor prática de segurança de fundos, porém não se limita apenas a isso.

    Por exemplo, as assinaturas de Schnorr conseguem diminuir o peso delas com assinaturas mais leves, o que representa taxas menores, além de ocupar menos espaço na blockchain.

    Do mesmo modo, outro benefício é a privacidade, pois as transações multisig serão idênticas a transações comuns, o que dificulta as identificações.

    Dito isso, a sua adoção será de extrema importância para que esta maior privacidade seja realmente impactante dentro do Bitcoin (BTC).

    E aí, você acha que o lançamento do Taproot permita que o Bitcoin (BTC) deixe os 58.000 USD? Comente!

    Curta a página da CryptoRadar no Instagram, FacebookTwitter e interaja conosco.

    Fonte: Bitcoin’s Taproot Upgrade is Finally Here: Went Live Successfully

  • CryptoTalk banner

  • Matérias Relacionadas


    Carregar mais matérias relacionadas.