• Criptoativos

    Altcoins

    Cientistas afirmam ter projetado uma stablecoin totalmente descentralizada atrelada à eletricidade


    Por Ana Flávia Santana Saraiva Saraiva • 14 de junho de 2022
    tempo de leitura do artigo: 2 minutos


    Cientistas afirmam ter projetado uma stablecoin totalmente descentralizada atrelada à eletricidade

    O E-Stablecoin exigiria vários avanços científicos que já estão em andamento e supostamente tornaria possível a transmissão de eletricidade quase de graça.

    Pesquisadores do Laboratório Nacional Lawrence Livermore, financiado pelo governo federal, na Califórnia, combinaram mecânica estatística e teoria da informação para projetar uma classe de stablecoin apelidada de Electricity Stablecoin (E-Stablecoin) que transmitiria energia como uma forma de informação.

    Nesse sentido, Maxwell Murialdo e Jonathan L. Belof, do Livermore, dizem que sua inovação tornaria possível transmitir eletricidade sem fios físicos ou uma rede e criar uma stablecoin totalmente garantida atrelada a um ativo físico – eletricidade – que depende de sua utilidade para seu valor. 

    Dessa forma, de acordo com os cientistas, o E-Stablecoin seria cunhado através da entrada de um quilowatt-hora de eletricidade, mais uma taxa.

    Assim, a stablecoin poderia então ser usada para transações da mesma forma que qualquer stablecoin, ou a energia poderia ser extraída queimando-a, também por uma taxa.

    Além disso, todo o processo seria controlado por contratos inteligentes com uma nuvem de armazenamento de dados descentralizada. Nenhuma autoridade centralizada confiável seria necessária para manter ou desembolsar o ativo.

    A primeira stablecoin Hard-Peg

    Esta seria a primeira vez para uma stablecoin hard-peged, sendo diretamente trocável por uma quantidade especificada de um ativo físico, disseram os cientistas.

    Nessa mesma linha, eles sugeriram que a eletricidade tem um preço e demanda altamente estáveis, e a eletricidade usada na cunhagem de E-Stablecoins seria facilmente sustentável.

    Paralelo a isso, os investidores poderiam cunhar E-Stablecoins em regiões onde os preços da eletricidade são baixos e queimar os tokens onde a eletricidade é mais cara.

    Além disso, Murialdo e Belof descreveram seu trabalho como uma prova de conceito e fizeram uso extensivo de matemática avançada para seu raciocínio.

    Assim, disseram:

    “Para fazer uma E-Stablecoin funcional, provavelmente serão necessários mais avanços que aumentem a velocidade, a entropia de transferência e a escalabilidade dos mecanismos de informação.”

    Dessa forma, o armazenamento em nuvem aprimorado, ou uma alternativa a ele, também seria necessário. 

    Enquanto isso, sua pesquisa tem implicações teóricas para a maneira como as criptos derivam seu valor, disseram os autores.

    Seu trabalho foi publicado na revista Cryptoeconomic Systems nesta segunda-feira (13).


    Acompanhe análise técnica do BTC feita pelo time da CryptoRadar. Acesse aqui!

    Cientistas afirmam ter projetado uma stablecoin totalmente descentralizada atrelada à eletricidade

    Fonte: https://cointelegraph.com/news/scientists-claim-to-have-designed-a-fully-decentralized-stablecoin-pegged-to-electricity (Com adaptações)


    ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE
    Os pontos de vista e opiniões expressos pela CryptoRadar ou qualquer pessoa mencionada neste artigo, são apenas para fins informativos e não constituem aconselhamento financeiro, de investimento ou outros afins. Investir ou negociar criptoativos traz um risco de perda financeira.



  • Matérias Relacionadas


    Carregar mais matérias relacionadas.