• Criptoativos

    JP Morgan Lança a JPM Coin!


    Por Placido Curvo Netto • 15 de fevereiro de 2019
    tempo de leitura do artigo: 4 minutos

    O maior banco americano JP Morgan Chase, lança sua própria criptomoeda a JPM Coin!!

    Gigante se rende aos criptoativos

    Para se ter ideia do tamanho da JP Morgan, o banco faturou USD 109 Bilhões em 2018. Quase todo o marketcap de todos os criptoativos listados em www.coinmarketcap.com. Hoje, de acordo com a figura abaixo o mercado total de criptoativos está avaliado em USD 121 Bilhões.

    Capitalização 15-02-19

    Capitalização Criptoativos 15/02/2019 fonte: www.coinmarketcap.com

    O balanço patrimonial do banco é de incríveis USD 2,6 Trilhões. Além disso, o banco movimenta volumes enormes de recursos, mais de USD 6 Trilhões em pagamentos, só em 2018! E, é exatamente nesse ponto que o banco espera ganhar com a JPM Coin. Certamente os custos envolvidos para se transacionar essa montanha de dinheiro utilizando as tecnologias atuais, como a rede Swift, são grandes e demoradas. O tempo médio para transações ocorrerem na rede swift são  de até 5 dias úteis. E, dependendo da localidade pode demorar mais.

    Assim, o JP Morgan espera com o lançamento da sua nova moeda, ter transações instantâneas para pagamentos e transferências nacionais/internacionais a um custo muito menor que o operado atualmente. Todavia, a expectativa é que as transações utilizando a JPM Coin sejam confirmadas em 10 minutos.

    Apesar do anúncio, o banco informa que a JPM Coin ainda é um protótipo, ela está em fase de testes a mais de um ano e agora começará a operar uma pequena parcela desses USD 6 Trilhões em pagamentos e transferências que o banco realiza. A moeda irá focar nas transferências e pagamentos entre os clientes institucionais do banco.

    JPM Coin – Stable Coin ligada ao Dólar, por enquanto…

    Segundo Umar Farooq, Diretor de Serviços Tesouraria Digital e Blockchain, da JPMorgan Chase:

    A JPM Coin não é dinheiro per se. É uma moeda digital representando o Dólar Americano, mantido em contas específicas na JPMorgan Chase. Em resumo, a JPM Coin sempre terá o seu valor equivalente a 1 dólar americano. Quando um cliente envia dinheiro de um para o outro utilizando a blockchain, as JPM Coins são transferidas e resgatadas de maneira instantânea para a quantia equivalente de USD, reduzindo o tempo de compensação tradicional.

    Apesar de a JPM Coin estar atrelada ao dólar, o banco não descarta a possibilidade de utilizar outras moedas fiduciárias, já que a solução poderá acomodar qualquer uma.

    O diagrama abaixo explica como funciona o processo de pagamento/transferências utilizando a JPM Coin.

    JPM Coin Diagram

    Processo de Pagamento JPM Coin

    No passo 1 o cliente da JPMorgan realiza depósitos para uma conta específica e recebe a quantidade equivalente em JPM Coins. No passo 2 essas JPM Coins são usadas em transações na blockchain com outros clientes da JPMorgan. As transações podem ser pagamentos e transferências. Finalmente, no passo 3 os holders de JPM Coin podem resgatá-las por USD na JPMorgan.

    Mas Bitcoin não era uma fraude???

    Claro que todos os amantes dos criptoativos não iriam deixar de apontar os comentários do CEO do Banco, Jamie Dimon, que por to inúmeras vezes fez declarações contra Bitcoin. Abaixo, em inglês seguem alguns dos célebres comentários do CEO:

    Comentários Bitcoin de Jamie Dimos

    Comentários sobre Bitcoin do Jamie Dimon, CEO da JP Morgan Chase

    Todavia, o banco se defende dizendo que sempre acreditou na tecnologia blockchain e por isso a iniciativa da JPM Coin. Segundo Umar Farooq:

    Nós sempre acreditamos no potencial da tecnologia blockchain e nós apoiamos criptomoedas desde que controladas e reguladas de maneira apropriada. Como um banco global regulado, nós acreditamos que temos uma oportunidade única para desenvolver a capacidade de maneira responsável com a supervisão dos nossos reguladores. Ultimamente, nós acreditamos que a JPM Coin pode produzir benefícios significativos para aplicações blockchian reduzindo os riscos de crédito e de compensação. Assim, diminuindo a necessidade de capital e possibilitando transferências instantâneas de valores.

    O JPM Coin será transacionado utilizando a tecnologia Quorum de blockchain desenvolvido pelo banco. Vale ressaltar que é uma blockchain privada, centralizada, sendo a moeda atrelada ao valor do dólar (stable coin).

    Já posso comprar a JPM Coin na Binance?

    Antes de correr para a Binance e comprar, nem se anime. A JPM Coin só será disponibilizada para clientes institucionais do banco. Em um primeiro momento, bancos, grandes empresas, corretoras, etc. Para evitar ter que se adequar a muitas obrigações regulatórias o banco só permitirá clientes com grandes volumes de transações a operar com as moeda.

    Qual o impacto da JPM Coin no mundo dos criptoativos?

    Assim, apesar da JPM Coin ser uma blockchain privada de uso restrito, sem dúvida isso é uma boa notícia para o setor. Ter o maior banco americano a lançar a sua própria blockchain é excelente! Uma sinalização clara que a tecnologia disruptiva veio para ficar. Isso reforça que se, até mesmo os bancos, estão adotando a tecnologia de maneira real, não há como enxergar o sistema financeiro do futuro sem a presença expressiva da tecnologia blockchain e criptoativos.

    E você o que acha da JPM Coin? Não deixe de comentar !


    Curta a página da CryptoRadar no Facebook e Twitter interaja conosco.
    Já ouviu nosso podcast? Acesse CryptoTalk e ouça.

  • CryptoTalk banner

  • Matérias Relacionadas


    Carregar mais matérias relacionadas.