• Guias e Tutoriais

    Investimento

    Comprei Bitcoin e a cotação caiu. Perdi Dinheiro?


    Por Ezequiel Gomes • 10 de abril de 2019
    tempo de leitura do artigo: 1 minuto

    Vamos pensar em um exemplo hipotético (ou nem tanto)

    Eu comprei 1 BTC a 70.000,00 reais em dezembro de 2017

    Agora no começo de 2019 o BTC está sendo negociado a 20.000,00.

    Perdi 50.000,00?

    Não necessariamente!

    E a explicação é simples.

    O BTC é o “dinheiro” e não o preço que as pessoas estão pagando com ele em reais, dólares, euros ou o que seja…

    Se eu não vendi meu BTC por 20 mil, EU NÃO PERDI NADA. Só perderia se vendesse, como não vendi, tenho exatamente a mesma quantidade de dinheiro que antes, 1 BTC, que posso vender daqui 2 anos por, digamos, 150 mil reais, caso ainda exista “real” daqui a dois anos e eu queira transformar meu BTC nessa coisa suja, URGH!

    O “lucro” ou a “perda” com o BTC só se dão em relação ao dinheiro fiduciário na relação entre compra e venda e não na mera cotação momentânea da moeda.

    Entender isso é importante para evitar a sensação de perda, quando nenhuma perda ainda existe.

    Naturalmente, isso não nega que o poder de compra do seu dinheiro se perdeu, no caso de você querer ou precisar vender seu Bitcoin pelo valor que está sendo pago por ele em determinado momento, e não puder esperar pela bem vinda (mas possivelmente demorada) alta que inverteria a lógica da perda. Nesses casos, cada investidor deve avaliar o nível de risco que deseja correr e estabelecer metas de negociação para aumentar a quantidade de Bitcoin à medida que o tempo cai, o que no mínimo ameniza as perdas, uma vez que ninguém gosta de perder dinheiro, não é verdade?

    Para isso é necessário se manter constantemente atento em relação aos movimentos do mercado e agir com assertividade em momentos de volatilidade.

    Recomendo estudo teórica e prática em trades com valores menores a nível de teste para entender como a coisa funciona na prática.

    Sucesso nos trades, a todos!


    Curta a página da CryptoRadar no Facebook e Twitter interaja conosco.
    Já ouviu nosso podcast? Acesse CryptoTalk e ouça.

  • CryptoTalk banner

  • Matérias Relacionadas


    Carregar mais matérias relacionadas.