• Guias e Tutoriais

    Blockchain

    Record histórico: Taxa de hash do Bitcoin atinge pico mesmo com o BTC abaixo de US$ 25.000


    Por Ana Flávia Santana Saraiva Saraiva • 13 de junho de 2022
    tempo de leitura do artigo: 2 minutos


    Record histórico: Taxa de hash do Bitcoin atinge pico mesmo com o BTC abaixo de US$ 25.000

    Complementando a nova taxa de hash ATH de 231,428 ExaHash por segundo, a dificuldade de rede do Bitcoin está em uma posição forte de 30,283 trilhões.

    A taxa de hash do Bitcoin (BTC), uma medida de segurança de rede baseada no poder de computação para mineração, alcançou um novo recorde histórico (ATH) de 231.428 ExaHash por segundo (EH/s) em meio a um mercado de baixa contínuo em que o preço do BTC cai abaixo de US $ 25.000.

    Para esclarecer, a taxa de hash é diretamente proporcional ao poder de computação do equipamento de mineração para confirmar transações, o que impede os maus investidores de manipular transações na cadeia.

    Assim, complementando a nova taxa de hash ATH, a dificuldade da rede Bitcoin está em uma posição forte de 30,283 trilhões.

    O número estimado de TH/s que a rede Bitcoin está realizando nas últimas 24 horas. 
    Fonte: Blockchain.com

    Além disso, alguns dos pools de mineração de Bitcoin mais populares com base na participação de mercado incluem Poolin, AntPool, F2Pool, ViaBTC e SlushPool.

    No entanto, a maior parte da taxa total de hash é contribuída por mineradores distribuídos, mostrados como ‘Outros’ no gráfico abaixo.

    Uma estimativa da distribuição da taxa de hash entre os maiores pools de mineração. 
    Fonte: Blockchain.com

    Mesmo com o mercado no vermelho, o BTC continua fortalecendo sua rede

    Nesse sentido, apesar da queda do mercado que ameaça eliminar várias altcoins, o ecossistema Bitcoin continua a fortalecer seu núcleo registrando consistentemente novos ATHs para taxa de hash, dificuldade de rede e capacidade de rede .

    Além disso, a Bitcoin Lightning Network – a tecnologia de camada 2 construída no Bitcoin, também aumentou sua capacidade para 4.000 BTC, avançando seu objetivo de permitir transações BTC ponto a ponto mais rápidas e baratas.

    Nessa linha, com suporte contínuo de mineradores, comerciantes e desenvolvedores, o Bitcoin permanece bem posicionado para ser hospedado na rede blockchain mais segura do mundo.

    Assim, a TBD, subsidiária da Block, anunciou planos para construir o “Web5”, uma nova web descentralizada centrada no BTC, ressaltando a crença do fundador Jack Dosey de que a maior rede blockchain desempenhará um papel importante na evolução da internet.

    Fonte: Twitter

    Web 5 propõe sistema que roda somente na blockchain do BTC

    Paralelo a isso, ao contrário do objetivo da Web3 de descentralizar a Internet, Dorsey prevê a Web5 como um sistema baseado em identidade que roda apenas na blockchain Bitcoin. 

    Dessa forma, com base nos documentos de protótipo do TBD, o Web5, como uma plataforma web descentralizada (DWP) permite que os desenvolvedores criem aplicativos web descentralizados por meio de DIDs e nós descentralizados. 

    Fonte: Google Docs

    Acompanhe análise técnica do BTC feita pelo time da CryptoRadar. Acesse aqui!

    Adoção global do Bitcoin deve atingir 10% até 2030: Relatório Blockware

    Fonte: https://cointelegraph.com/news/bitcoin-hash-rate-marks-all-time-high-as-btc-price-drops-below-25k (Com adaptações)


    ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE
    Os pontos de vista e opiniões expressos pela CryptoRadar ou qualquer pessoa mencionada neste artigo, são apenas para fins informativos e não constituem aconselhamento financeiro, de investimento ou outros afins. Investir ou negociar criptoativos traz um risco de perda financeira.



  • Matérias Relacionadas


    Carregar mais matérias relacionadas.