Comissária da SEC afirma que reguladores precisam pular de seus helicópteros e aceitar o risco

0
128
Comissária da SEC afirma que reguladores precisam pular de seus helicópteros e aceitar o risco

Com uma nova declaração, a Comissária da SEC, Hester Peirce, apelidada de “CryptoMom”, defendeu mais uma vez a regulação das criptomoedas.

Em uma publicação em seu perfil pessoal no Twitter, Peirce disse que os reguladores precisam aceitar os riscos de uma regulação do setor.

Os reguladores precisam pular de seus helicópteros e aceitar o risco
“Os reguladores precisam pular de seus helicópteros e aceitar o risco”, afirmou Hester Peirce no Twitter.

Os reguladores precisam pular de seus helicópteros e aceitar o risco

Na semana passada, Peirce palestrou na Fintech Unbound Conference da Cato Institute e falou sobre a regulação no setor de criptomoedas. Como de praxe, antes de começar seu discurso, ela afirmou que as opiniões contida em seu discurso não representava a opinião da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC).

Apesar de não possuir filhos, Peirce é conhecida no espaço de cripto como “CryptoMom”. Esse apelido foi dado à ela por sua postura positiva frente às regulações das criptomoedas nos EUA. Peirce foi a única a votar favoravelmente para a aprovação do ETF de Bitcoin dos gêmeos Winklevoss. Em reposta ao apelido de Mãe das Criptomoedas, ela disse:

Eu sempre quis ser mãe. Então, adquirir esse novo título foi uma grande honra. Admito que essa não é a forma de maternidade que eu imaginei. Entretanto, um dos aspectos maravilhosos da maternidade é que nunca sabemos ao certo qual como nossos filhos serão, mas eles são sempre mais maravilhosas do que imaginamos que seria.

Assim, fazendo uma analogia com o papel dos pais em criar um filho, ela afirmou que não devemos impedir o risco, e sim supervisioná-lo. “Uma mãe helicóptero paira sobre o filho para garantir que ele tenha sucesso. Essa estratégia, geralmente, não funciona. Uma mãe que cria seu filho para o mundo, o supervisiona de maneira limitada e o encoraja a ser independente, que inclui um risco razoavelmente aceitável”, disse a comissária.

O risco faz parte do mercado

No entanto, ela afirmou que isso também acontece com os órgãos reguladores. Ela explicou que os reguladores se tornam os pais helicópteros devido ao risco associados em permitir que investidores se envolvam em negociações arriscadas. Eventualmente, quando investidores acabam incorrendo em perdas financeiras, os órgãos reguladores são responsabilizados. Por esse motivo, eles são rigorosos em permitir que investidores participem de mercados arriscados em primeiro lugar.

Além disso, ela ainda acrescentou que a falta de compreensão da SEC em entender que todo mercado de valores mobiliários possui um grau de risco associado, ainda a deixa perplexa.

À medida que o mundo se torna cada vez mais integrado, as classes de ativos que antes eram não correlacionadas se tornam mais correlacionadas. Essa mudança cria um apetite por novas classes de ativos que podem ajudar a diversificar os portfólios. As criptomoedas podem ser uma dessas classes de ativos.

Ainda assim, a comissária afirma que é obrigação dos investidores realizar a diligência prévia quando se trata de escolher investir em criptoativos. Segundo Peirce, o mercado de criptomoedas ainda é para um segmento de investidores que entendem como a tecnologia funciona e possui experiência em negociações. Ela ainda aponta que os inovadores do setor estão tentando atender ao interesse dos investidores. Porém, a SEC não compartilha do “mesmo entusiasmo” desses inovadores e impediu a entrada de vários produtos no espaço.

De acordo com Peirce:

Para alterar um pouco minha metáfora, os helicópteros da SEC são bem intencionados, mas muitas vezes não se preocupam o suficiente com a maneira como suas lâminas regulatórias agitam os mercados, frustram a inovação e potencialmente expõem os investidores a riscos maiores.

Regulação

Para Peirce, a comunidade de cripto é composta de pessoas que estão prontas para falar, criticar umas às outras e se abrir sobre governança corporativa e tecnológica, bem como tratar de outros pontos fracos das criptomoedas. Apesar de não ser formalmente regulamentado, ela acredita ser importante encontrar esses problemas no setor.

Finalmente, ela conclui dizendo que a SEC não deveria exigir que o mercado de criptomoedas esteja “sujeito à regulamentação governamental abrangente” como um pré requisito para produtos que pertencem ao setor entrarem no mercado regulado pela SEC.

Você consegue acessar o discurso completo de Peirce (em inglês) no site oficial da SEC.

 

Você concorda com a “Mãe das Criptomoedas”? Comente abaixo.

 


Curta a página da CryptoRadar no Facebook e interaja conosco.

Já ouviu nosso podcast? Acesse CryptoTalk e ouça.