• Regulação

    Mundo

    Binance irá lançar versão beta de sua DEX em 2019


    Por Alexandre Dantas Lage • 1 de outubro de 2018
    tempo de leitura do artigo: 3 minutos

    A Binance, maior bolsa de criptoativos do mundo em volume de negociação, irá lançar a versão beta de sua bolsa descentralizada (DEX) de cripto no início de 2019.

    Em um anúncio em seu Twitter, o CEO da Binance, Changpeng Zhao, afirmou que a DEX da Binance será lançada até o início de 2019. De acordo com CZ, a Binance “planeja lançar a versão beta de sua DEX no final de 2018 ou início de 2019.” Ele ainda complementou dizendo que o BNB, moeda digital da bolsa, “será usada nativamente na plataforma e que a bolsa não terá controle sobre os fundos dos usuários.

    CZ, CEO da Binance, no Twitter

    CZ, CEO da Binance, no Twitter

    Porque lançar uma DEX?

    De acordo com CZ, em uma entrevista dada à Ran Neuner para o Crypto Trader da CNBC, as bolsas descentralizadas são o futuro para a negociação de criptomoedas. Assim, no longo prazo, usuários serão capazes de utilizar carteiras sem custódia para negociar criptomoedas. As transações seriam realizadas de ponto a ponto, de uma maneira que os usuários terão total controle sobre seus fundos.

    Ele afirmou:

    Acredito que as bolsas descentralizadas são o futuro. No entanto, ainda não sei ao certo quando será esse futuro. Acho que ainda estamos nos estágios iniciais para isso. Portanto, não sei dizer se será daqui um ano, dois anos, três anos ou cinco anos. Eu não sei quando isso acontecerá, mas precisamos estar preparados para isso.

    Como uma bolsa centralizada, a maior parte de sua receita e lucros são gerados através de taxas cobradas para a negociação de criptomoedas. Todavia, as bolsas descentralizadas também podem cobrar uma taxa nativa embutida nos contratos inteligentes utilizados pela plataforma. Dessa maneira, eles serão responsáveis por transmitir as transações para a rede principal de blockchains públicas, como o Ethereum.

    Em outubro do ano passado, o co-criador do Ethereum, Vitalik Buterin, elogiou o modelo utilizado pela EtherDelta, uma bolsa descentralizada, visando incentivar desenvolvedores a manter a plataforma. Em seu Twitter, Buterin disse que “o modelo de recompensa para desenvolvedores da EtherDelta é subestimado”.

    Buterin ainda disse que utilizar uma DEX é bem mais rápido e seguro do que uma bolsa centralizada. “Para utilizar uma bolsa centralizada, né necessário criar uma conta. Eu gosto da EtherDelta pois isso não é necessário. Apenas visite o site utilizando MetaMask e comece a usar”, afirmou Buterin, em resposta no Twitter.

    Bolsas descentralizadas vs centralizadas

    De acordo com CZ, a Binance é provavelmente uma opção mais segura às bolsas centralizadas devido a sua arquitetura e infraestrutura. Além disso, a Binance nunca foi hackeada desde sua criação em 2017.

    No entanto, CZ enfatizou que o verdadeiro benefício em se utilizar uma DEX é a liberdade e o controle que o usuário possui sobre seus fundos. Em uma bolsa descentralizada, usuários não precisam criar uma conta ou preencher formulários de saque de fundos. Toda e qualquer transação é realizada diretamente na blockchain através de uma carteira sem custódia.

    Eventualmente, com o aumento da adoção das criptomoedas pela população global e com a diminuição da relevância do dinheiro fiduciário nas negociações e cripto, é provável que investidores passem a utilizar as plataformas descentralizadas, em vez das plataformas centralizadas atuais. De todo modo, apesar de não saberem quando essa mudança irá acontecer, CZ já deixou claro que ele estará pronto para isso.

     

    O que você acha desse lançamento da Binance? Comente abaixo.

     


    Curta a página da CryptoRadar no Facebook e interaja conosco.

    Já ouviu nosso podcast? Acesse CryptoTalk e ouça.


  • CryptoTalk banner

  • Matérias Relacionadas


    Carregar mais matérias relacionadas.