• Regulação

    Mundo

    Entrou no jogo: Coinbase lança sua stablecoin em parceria com a Circle


    Por Alexandre Dantas Lage • 23 de outubro de 2018
    tempo de leitura do artigo: 2 minutos

    A maior bolsa de criptoativos dos EUA, Coinbase, entra na corrida das moedas estáveis e acaba de anunciar o lançamento de sua própria stablecoin.

    Em uma publicação em seu blog na plataforma Medium, a Coinbase anunciou o lançamento inédito de sua própria stablecoin. O novo dólar digital, o USD Coin (USDC), é garantido por dólares norte-americanos e é apoiado pela Coinbase e pela Circle, como membros co-fundadores do CENTRE Consortium.

    USDC, parceria entre Coinbase e Circle

    A partir desta terça-feira (23), clientes da Coinbase do estado de Nova Iorque poderão comprar e vender o USDC no site Coinbase.com e nos aplicativos mobile, para iOS e Android. No entanto, clientes dos demais estados somente poderão enviar ou receber a stablecoin. De todo modo, a Coinbase afirmou que existem planos para uma expansão geográfica no futuro.

    Essa será a primeira vez que a Coinbase dará suporte a uma moeda digital estável, uma vez que a plataforma opera com pares com dinheiro fiduciário. No entanto, o USDC ainda não foi listado na plataforma da bolsa, o que deve ocorrer em breve.

    USDC e USD - proporção de 1 para 1

    USDC e USD – proporção de 1 para 1

     

    Assim como outras moedas digitais estáveis, o USDC será garantido pelo dólar em uma proporção de 1 para 1. Ou seja, para cada dólar norte-americano que a Coinbase possuir, ela poderá emitir uma unidade de USDC.

    Diferente dos criptoativos, a volatilidade do preço nas stablecoins é quase nula, pois seu propósito é, justamente, ser uma moeda estável. Assim, a Coinbase acredita que o USDC será melhor aceito para transações, visto que a variação de preço é muito pequena. Portanto, o dólar digital possui várias vantagens frente a seu irmão fiduciário, como programabilidade, transações mais rápidas, diponibilidade 24 horas por dia e por permitir micropagamentos e macropagamentos.

    Volatilidade dos criptoativos

    Volatilidade dos criptoativos

    De acordo com a Coinbase, o “lançamento do USDC só foi possível graças à parceria entre a Coinbase e a Circle, ambas co-fundadores do CENTRE Consortium. Operamos com uma abordagem inicial de conformidade e possuímos um histórico de segurança. Por isso, acreditamos que a CENTRE está em uma posição única para oferecer o USDC para as pessoas que desejam aproveitar os benefícios das moedas estáveis.”

    Tether é alvo de FUD

    Na semana passada, após uma transação massiva entre o Tether (USDT) e o Bitcoin (BTC), a stablecoin chegou a mínimas históricas, sendo negociado a $0,92 USD. Por esse motivo, o Tether foi novamente alvo de FUD, gerando grande medo em toda a comunidade. Então, muitas bolsas se apressaram para oferecer alternativas para seus clientes, listando moedas estáveis em suas plataformas.

    Venda massiva de USDT na madrugada de 15 de outubro de 2018

    Venda massiva de USDT na madrugada de 15 de outubro de 2018

    De todo modo, o USDT está se recuperando e, no ato de fechamento dessa matéria, o preço do Tether estava em $0,986.

     

    Qual a sua opinião sobre as moedas digitais estáveis? Comente abaixo.


    Curta a página da CryptoRadar no Facebook e interaja conosco.

    Já ouviu nosso podcast? Acesse CryptoTalk e ouça.


     

  • CryptoTalk banner

  • Matérias Relacionadas


    Carregar mais matérias relacionadas.