• Regulação

    Mundo

    EUA: Governo devolve bitcoins recuperados de hack na Bitfinex em 2016


    Por Alexandre Dantas Lage • 25 de fevereiro de 2019
    tempo de leitura do artigo: 2 minutos

    Uma das maiores bolsas de criptoativos do mundo, a Bitfinex, anunciou que alguns bitcoins que foram roubados em um ataque cibernético em 2016 foram devolvidos pelo governo norte-americano.

    27,7 BTC recuperados

    Através de uma publicação no blog da empresa nesta segunda-feira (25), a bolsa afirmou que recebeu do governo norte-americano o total de 27.7 BTC (~R$397.000). Os bitcoins foram recuperados em um esforço da justiça norte-americana para a aplicação das leis e sanções em casos como este.

    De acordo com a Bitfinex, desde o ataque, ela vem colaborando com agências internacionais para “fornecer inteligência e auxiliar nas investigações”.

    Em novembro de 2018, fomos alertados de que o governo norte-americano havia recuperado uma quantia em BTC supostamente provenientes do ataque cibernético de 2016.

    Inegavelmente, o ataque de 2016, onde 119.7 mil bitcoins foram roubados, chocou a comunidade de cripto na época. Afinal, esse foi o maior roubo de BTC de uma bolsa desde o ataque realizado na bolsa japonesa Mt. Gox em 2014.

    De todo modo, a quantidade de BTC recuperado é o equivalente a 0,023% do total que foi roubado da Bitfinex em 2016.

    Recuperação em tokens BFX e RRT

    Conforme prometido em sua estratégia de recuperação, formulada após o ataque de 2016, os fundos devolvidos estão sendo convertidos em dólares norte-americanos (USD) e serão pagos aos detentores de seus RRT (Recovery Right Token, ou Token de Direito de Ressarcimento, em tradução livre).

    A fim de compensar as perdas sofridas pelo hack, a bolsa generalizou as perdas entre todas as contas e creditou tokens BFX para seus usuários na proporção de 1 BFX para 1 USD. No entanto, a empresa afirmou que todos os tokens BFX já foram resgatados e portanto, destruídos.

    Dentro de oito meses após a quebra de nossa segurança, todos os detentores de tokens BFX já os haviam resgatados por USD ou, direta ou indiretamente, por ações da iFinex. Portanto, todos os tokens BFX foram destruídos nesse processo.

    Desse modo, a Bitfinex criou os tokens resgatáveis RRT para detentores de BFX, permitindo a conversão de BFX por ações da iFinex. De acordo com o plano de recuperação da bolsa, os fundos resgatados foram distribuídos entre os detentores de RRT, na proporção de 1 RRT para 1 USD.

    “Como todos os tokens BFX foram resgatados e destruídos, a quantidade de bitcoins recuperados está sendo distribuída proporcionalmente entre os detentores de RRT”, afirmou a Bitfinex.

    99,9% dos bitcoins ainda estão desaparecidos

    Em agradecimento às agências federais dos EUA e seus esforços em investigar o ataque e devolver os fundos roubados, Giancarlo Devasini, Diretor Financeiro da Bitfinex, disse:

    Passados dois anos do hack da plataforma da Bitfinex, hoje vemos os resultados de uma estratégia de resposta clara e robusta e os esforços do governo dos EUA. Isso nos dá grande prazer em poder reembolsar nossos clientes que eram leais e acreditaram em nós em um momento muito difícil.

    De acordo com Devasini, a bolsa continuará auxiliando as agências nas investigações e na aplicação da lei. Como a maior parte dos bitcoins roubados ainda estarem desaparecidos, Devasini pediu aos hackers, ou qualquer pessoa com informação sobre o ataque, que entrem em contato. Assim, a situação pode “finalmente ser resolvida de uma maneira benéfica para ambos os lados”, concluiu.

    Imagem de capa cortesia da Bitfinex.


    Curta a página da CryptoRadar no Facebook e Twitter interaja conosco.
    Já ouviu nosso podcast? Acesse CryptoTalk e ouça.

  • CryptoTalk banner

  • Matérias Relacionadas


    Carregar mais matérias relacionadas.