• Tecnologia

    Segurança

    COINBENE: Manutenção não prevista causa preocupação! Será que foi hackeada?


    Por Ezequiel Gomes • 26 de março de 2019
    tempo de leitura do artigo: 1 minuto

    A CoinBene, uma exchange de criptomoedas relativamente grande, entrou recentemente em um período de manutenção sem aviso prévio, aproximadamente ao mesmo tempo em que os usuários notaram que grandes quantidades de criptomoedas estavam sendo transferidas de suas carteiras, levando a suspeitas de que ela havia poderia ter sido invadida.

    No Twitter, a conta oficial da empresa respondeu aos usuários que perguntaram o que estava acontecendo para que seus depósitos ficassem pendentes por horas, alegando que eles estão realizando atualizações para melhor atender seus usuários.

    Em um tweet subsequente, a exchange informa aos usuários que os depósitos e retiradas serão processados automaticamente assim que o período de manutenção terminar e acrescenta que o “tempo de conclusão da manutenção será notificado separadamente”.

    Nick Saponaro, CIO da empresa de blockchain Diviproject, sugeriu, no entanto, que um grande hack pode ter realmente ocorrido, já que os dados de blockchain parecem mostrar que até US $ 40 milhões em tokens ERC-20 deixaram as carteiras da Coinbene.

    Comentando o tweet de Saponaro, outro usuário revelou que os fundos estão sendo movidos para uma “carteira fria” por um usuário no Etherscan. O mesmo usuário, afirma ele, marcou outras carteiras como “marketing” e “equipe”, sugerindo que essas poderiam ser meras movimentações internas.

    Respondendo a um usuário que disse à CoinBene que a exchange parece ter sido hackeada no Twitter, a conta oficial da bolsa da empresa apenas perguntou como poderia ajudar o usuário, que então apontou as grandes transações e os depósitos e saques congelados. A CoinBene não respondeu até agora.

    No tweet do usuário, podemos ver que quase 370 milhões de moedas Maximine (XMX) deixaram as carteiras da CoinBene. Notavelmente, a criptomoeda pouco conhecida viu seu preço subir em mais de 700% este mês, com 99% do volume negociado sendo na CoinBene, apesar de estar listado também na Livecoins e na HitBTC.

    Fonte: https://www.cryptoglobe.com/latest/2019/03/crypto-exchange-coinbene-maintenance-hack-concerns/


    Curta a página da CryptoRadar no Facebook e Twitter interaja conosco.
    Já ouviu nosso podcast? Acesse CryptoTalk e ouça.

  • CryptoTalk banner

  • Matérias Relacionadas


    Carregar mais matérias relacionadas.